Philipe Cardoso 31 anos, Carioca, Criador do Portal Zoom Digital, mantém desde a época que possuía formato de blog, Podcaster do Zoom Cast. Amante por todo tipo de tecnologia.

Dicas para otimizar seus códigos PHP.

1 min read

PHP

Saudações, galera. Meu nome é André Luis e eu fui convidado a postar aqui no nosso estimado Zoom Digital.  Em minha primeira postagem quero deixar algumas dicas importantes para quem programa em PHP.

Tratam-se de algumas dicas rápidas para melhorar a sua codificação. Geralmente nós programadores temos vícios que adquirimos no dia-a-dia que, sem sabermos, tornam o nosso código mais lento. Se ficarmos atentos a alguns pequenos detalhes, nossa codificação se torna mais ágil e eficaz.

1. Se um método pode ser static, declare-o como static! O desempenho aumenta 4 vezes;

2. Evite utilizar metódos mágicos como __get, __set e __autoload, se possível;

3. require_once() é dispensável e demanda bastante memória;

4. Use caminhos completos (full path) nos includes e requires, pois é gasto menos tempo resolvendo os caminhos do sistema operacional;

5. Se você quer descobrir o tempo em que o script começou a ser executado, é preferível utilizar $_SERVER[´REQUEST_TIME´] do que time();

6. Veja se pode utilizar strncasecmp, strpbrk e stripos ao invés de regex;

7. str_replace é mais rápido que preg_replace, mas strtr é 4 vezes mais rápido que str_replace;

8. Se uma função, como de substituição de strings, aceitar tanto arrays como caracteres simples como argumentos, e se a sua lista de argumentos não é muito longa, considere fazer algumas declarações redundantes de substituição, passando um caractere por vez, ao invés de uma linha de código que aceita arrays como argumentos de busca e substituição;

9. Supressão de erro com @ é muito lento;

10. $row[´id´] é 7 vezes mais rápido que $row[id];

11. Mensagens de erro demandam mais processamento;

12. Não utilize funções dentro de loops, como por exemplo:

for ($x=0; $x < count($array); $x)

A função count() é chamada todas as vezes que o loop é executado.;

13. Comente sempre o seu código. Isso facilita muito numa eventual manutenção.

14. ECHO é mais rápido do que PRINT. Claro que a diferença é mínima. Pois o print() imprime um valor na tela e retorna um valor inteiro(1 ou 0) enquanto o echo apenas imprime o valor na tela.

15. Defina o tamanho dos seus loops antes de executá-los. Procure evitar o uso de funções como count() e sizeof() no meio de loops.
16. Sempre que possível, libere variáveis que não serão mais usadas, principalmente array’s.

unset($frutas);
unset($frutas[0]); //para apagar um índice no caso de arrays

17. Procure utilizar aspas simples para STRINGS. Quando você usa aspas simples, o PHP não se preocupa em tentar interpretar o que tem dentro da STRING (variáveis e etc…).

Com aspas duplas você pode fazer isso:

$texto = “meu texto com uma $variavel.”;

Ou seja, SEMPRE quando tiver aspas duplas, o PHP irá verificar se tem alguma variável para ser interpretada. No caso das aspas simples, ela não interpreta variáveis dentro dela, sendo assim, o PHP gasta menos tempo.

18. É mais rápido usar “SWITCH” do que vários “ELSE IF”.

switch ($mes) {
case 1:
echo ‘Janeiro’;
break;
case 2:
echo ‘Fevereiro’;
break;
case 3:
echo ‘Março’;
break;
case 4:
echo ‘Abril’;
break;
case 5:
echo ‘Maio’;
break;
default:
echo ‘Não Sei’;
break;
}
Philipe Cardoso 31 anos, Carioca, Criador do Portal Zoom Digital, mantém desde a época que possuía formato de blog, Podcaster do Zoom Cast. Amante por todo tipo de tecnologia.

7 Replies to “Dicas para otimizar seus códigos PHP.”

  1. Eita que bom! essa não sabia
    vlw por colocar esse conteúdo

  2. Obrigado pelas visitas ao post, pessoal. Espero continuar ajudando vocês a aprender algumas coisinhas sobre PHP (e eu quero aprender tb rsrs).

    Até a próxima.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *