Philipe Cardoso 31 anos, Carioca, Criador do Portal Zoom Digital, mantém desde a época que possuía formato de blog, Podcaster do Zoom Cast. Amante por todo tipo de tecnologia.

Londres e suas lixeiras tecnológicas

46 sec read

Planejadas para serem instaladas antes dos Jogos Olímpicos de 2012, mas devido a um atraso nos processos, apareceram pelas ruas de Londres apenas no fim de janeiro desse ano, as techno-pods, como foram denominadas as novas lixeiras, tem chamado a atenção pela sua iniciativa inusitada; além de armazenar o lixo gerado pela metrópole, especialmente exemplares de jornais, encartes e papéis diversos, as lixeiras são equipadas nas suas laterais com displays de LCDs sensíveis ao toque, veiculando notícias em tempo real publicadas pelos principais grupos de comunicação da cidade.

technopods_lixeiras_tecnologicas_londres

Desenvolvidas pela Renew Solutions, foram instaladas cerca de 100 lixeiras inteligentes na capital inglesa. Transmitindo notícias relacionadas a tempo, cotações, informes e curtas manchetes, atualizados pela revista The Economist, London Stock Exchange e outros serviços de comunicação renomados no país, através da função touchscreen, os ciclistas londrinos também podem conferir a quantidade de bicicletas disponíveis para locação, assim como a devida localização, usando o recurso oferecido pelas lixeiras, integrado com o sistema de aluguel público de bicicletas. Em casos de emergência, a população também pode utilizar as funções das techno-pods para acionar as autoridades, solicitando por ajuda.

Fontes: Info, Jornalistas Web e Olhar Digital

Philipe Cardoso 31 anos, Carioca, Criador do Portal Zoom Digital, mantém desde a época que possuía formato de blog, Podcaster do Zoom Cast. Amante por todo tipo de tecnologia.

2 Replies to “Londres e suas lixeiras tecnológicas”

  1. Muito Bacana a Iniciativa, é aquilo não basta o governo querer educação sem dar suporte, esta´é uma excelente iniciativa do governo para preservar a limpeza da cidade.

    1. Fala Philipe!

      Verdade!
      Não só a limpeza, pois ao mesmo tempo que as lixeiras vão chamar mais atenção das pessoas, induzindo ao uso, vão disponibilizar informações, oferecendo mais um recurso pra população.

      Abraços!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *