Philipe Cardoso 31 anos, Carioca, Criador do Portal Zoom Digital, mantém desde a época que possuía formato de blog, Podcaster do Zoom Cast. Amante por todo tipo de tecnologia.

O Cara da Informática também é gente

1 min read

Para começar bem a semana, vamos considerar alguns “dizeres” sobre os profissionais que trabalham com Tecnologia da Informação, ou simplesmente, o Cara da Informática. Porém, concordo que classificar essa profissão de tal forma, pode ser uma tremenda falta de consideração aos diversos diplomas e certificados que esses profissionais podem ter, assim como também, ignorar os diversos caminhos que a TI possui.

1. O CARA DA INFORMÁTICA dorme. Pode parecer mentira, mas o CARA DA INFORMÁTICA precisa dormir como qualquer outra pessoa. Esqueça que ele tem celular e telefone em casa, ligue só para o escritório;

2. O CARA DA INFORMÁTICA, como qualquer cidadão, precisa de dinheiro. Por essa você não esperava, né? É surpreendente, mas o CARA DA INFORMÁTICA também paga impostos, compra comida, precisa de combustível, roupas e sapatos, e ainda consome Lexotan para conseguir relaxar… Não peça aquilo pelo que não pode pagar ao CARA DA INFORMÁTICA;

3. Ler, estudar também é trabalho. E trabalho sério. Pode parar de rir. Não é piada. Quando um CARA DA INFORMÁTICA está concentrado num livro ou publicação especializada ele está se aprimorando como profissional, logo trabalhando;

4. Pedir a mesma coisa várias vezes não faz o CARA DA INFORMÁTICA trabalhar mais rápido. Solicite, depois aguarde o prazo dado pelo CARA DA INFORMÁTICA;

5. Vamos parar de chamar os profissionais da Tecnologia da Informação, de ‘CARA DA INFORMÁTICA’, ‘CARA QUE CONSERTA COMPUTADOR’…Por incrível que pareça as profissões tem nomes, como Engenheiro de Projetos, Analista de Suporte, Engenheiro de Sistemas, Programador…Ninguém chama o Engenheiro Civil de ‘CARA DA BETONEIRA’, ou médico de ‘CARA DO AÇOUGUE’, dentista de ‘CARA DO DENTE ESTRAGADO’…

Enfim, por mais que essas frases provavelmente já são do conhecimento de muitos de vocês, sempre é válido lembrar a real importância, assim como também, o real sentido dessa área de atuação, a qual, muitos de nós trabalhamos.

Fonte: Meu Espaço na Web – CDAUSACKER

Philipe Cardoso 31 anos, Carioca, Criador do Portal Zoom Digital, mantém desde a época que possuía formato de blog, Podcaster do Zoom Cast. Amante por todo tipo de tecnologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *